Seja benvindo...entre que a casa é nossa!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008



OUTONO

Brisa fria chuva fina,
Primeiras folhas no chão,
Está anunciando
A mudança da estação,

Os pássaros emudecem,
As arvores secas e nuas,
O céu cinzento e triste,
Tapetes de folhas nas ruas,

Oh Estação!
Tu és renovação e espera,
Despoja de toda beleza,
No aguardo da primavera.

A natureza nos mostra,
A semelhança que há,
Aquele amor que partiu,
Na primavera voltar.

Autor: Poeta Mineiro


http://poetamineiro.blogspot.com/


quinta-feira, 31 de julho de 2008



OLHA PRA MIM - (José Augusto)

Olha pra mim, tente me ver... Estou aqui pensando em ti,
Veja nos meus olhos os meus sentimentos, são puros e verdadeiros
Sinta a minha presença, mesmo que distante...!

Pode ser que vc não pode , mas meu coração te chama
Pra viver a minha poesia, preciso sentir vc em mim.
Venha... quero nos teus olhos enxergar a esperança
De que um dia sentirei o calor dos teus braços em mim...!

Diminua essa distancia amor...
Quero notar sua presença, seu cheiro
Quero sim, sentir o apertar dos teus braços
Envolvendo-me nesse seu corpo lindo e macio...!

Quero-te mesmo que seja em segredo
Amando-te como nunca foi amada
Com poesia , calor, carinho e amor...muito amor.!

São Carlos/SP

http://dommineiro.vilabol.uol.com.br


***


quinta-feira, 24 de julho de 2008

Minha querida amiga e poetisa Yareah



Sempre Haverá Uma Esperança!
Iracema Zanetti


Amor tentei ser feliz ao teu lado
Uma duas talvez até mais vezes
Sentia-me anjo no céu
Criança recebendo Papai Noel
Durante três anos alcancei o limite da felicidade...

Mas a Roda da Vida não pára no tempo
Ora estamos no topo em seguida no meio
E finalmente abaixo de tudo e de todos!

Não fomos perdoados
As pressões da vida nos sufocaram
Problemas desabaram sobre nós por todos os lados.

Porém com muito amor e cuidado
Lutamos com coragem para voltar à vida
E conseguimos dar continuidade à nossa felicidade!

Porém mais uma vez a Roda da Vida surpreendeu-me
Girando a trezentos e sessenta graus
Voltada exclusivamente em minha direção...

Vi-me no fundo do poço sozinha
Sem tuas mãos estendidas
Como sempre fazias
Em tais imprevistos e embaraços
Quando estávamos lado a lado!

Oh Deus eu te peço
Não dês poderes à Roda Malvada
Considerada destino de cada alma
Cuida de mim e de meu amado
Envolva-nos em teus braços
Nos unifique e nos abençoe
Por toda a eternidade...

***

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Um presente poético



MENINA MUSA MADURA – (José Augusto)

Imagem linda e sensual, de andar macio, ondulante e delicado.
Mulher menina, de beleza pura, voz suave, corpo em curvas...
Tu és a essência da beleza rara, misto de anjo e de fera,
Linda e madura, também tortura pra quem t'espera!

Quero ser teu amigo, se for preciso enxugar o teu pranto
Desejando-te a toda hora, como um escravo dos teus encantos!
Sabes que tens o poder de amar, prender e encantar,
Porque possui o primor da natureza, capaz de enfeitiçar

Mulher maravilha que herdou o dom de amar...
Se preciso for, chora como o mar e faz o poeta chorar
Mulher iluminada, com amor de mãe, avó, esposa e filha
Que aprendeu a tirar o espinho da rosa e a dor da vida

Menina que cativa, escraviza, se entrega e se apaixona
Mulher que trama, que permite se fazer dominada
Quando na verdade tem o homem e as tramas na sua mão
Mulher madura... Musa da poesia, da arte, do amor e da sedução

São Carlos/SP

http://dommineiro.vilabol.uol.com.br


***

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Minha doce e querida amigamana Inês Marucci



Sinfonia

Choravam os violinos

manancial de águas mansas

pressagiando o sentir

quando o violino mestre

sincronizou os acordes.

Seguia-o cada instrumento

começando contra-baixos

soprando em serenidade

a doçura que o cenário

sutilmente coloriu.



Eram chuvas de monção

e brisas vestindo o ar,

no beijo da amena flauta

florescendo no piano

magistralmente emitindo

o dulçor de Debussy.



Olhares devaneavam

desdobrando todo o palco

em marés de notas voláteis

sobre ébano do silêncio

ante candoroso encontro

de trompetes e trombones

com seu tom beligerante

calando o mau pensamento.



Viola esmagava o mel

que harpas multiplicavam

remoendo os romances

entre pausados suspiros

na platéia interagindo

com rouxinóis em bando

formidando as pupilas

plenamente extasiadas

com a cósmica viagem

das psiques humanas

doce e alucinadamente

casando seus belos lírios

com rosais em gestação.


Inês Marucci
SP-31.05.2008

terça-feira, 1 de julho de 2008



A todos meus amigos

Maria Nogueira Martinelli
(Sapeka)

"Amigo" palavra doce que embala nossa alma
Tão bom estar contigo nos momentos de amor
alcançar o teu abraço num sorriso de calor

"Amigo" tesouro conquistado nessa vida
Desconhece a distância e o tempo que passar
permanece na lembrança enquanto o coração pulsar

"Amigo" prazer compartilhado em todos momentos
Qualquer lágrima derramada tem um sabor diferente
ao contarmos com um amigo que está na nossa frente

Agradeço a todos os meus amigos
pelo carinho nesse meu aniversário
A felicidade tomou conta do meu coração

e as lágrimas rolaram muito fácil
Minha alma agradece eternamente
Muito obrigada meus amigos

Amo vocês!

30/06/2008

Nós também amamos voce, com a sua meiguice e carinho
para com todos, sempre tão autêntica neste teu jeitinho de ser!
Amo você! Beijos na alma, guida
01/07/08
***

domingo, 29 de junho de 2008

Meu querido amigo poeta Edmen



O AMOR QUE EU QUERO TER

===Edmen===


Existem amores diferentes? Sim existem! Alguns com maior outros com menor intensidade. Existem os amores calientes, indecentes que se dizem quentes. Mas existem os amores fraternos, ternos inocentes.

Alguns com tonalidades e intensidades diferentes. São os amores maternais, paternais, filiais e fraternais. Mas entre tantos amores, existem aqueles afeiçoados, apaixonados... Quando ternos abençoados.

Talvez esses sejam os amores mais difíceis de alcançar, de se ter no coração, por que antes de senti-lo no físico, há que se ter absorvido na alma. Tornam-se mais difíceis pela elevação de sua sublimidade. É mais ou menos como ver-se a mais linda rosa do roseiral, sem poder colhe-la por que está no galho mais alto e protegida por seus guardiões, os espinhos. Observamos a brisa balançar seu galho e suavemente suas pétalas espargir a relva que as acolhe num terno abraçar. Poucos são os que absorveram com a alma aquele amor, aquela rosa e a transportaram ao coração, os poetas quem sabe... Mas eu desejo a você que alcance aquela rosa também e a tenha tão ternamente protegida em seu coração, e a cada manhã sua fragrância banhe seu dia de felicidade e amor, por que amor é coisa séria, é sentimento de elevação e só pode ser absorvido e sentido em um meigo coração.


&&&



quinta-feira, 26 de junho de 2008

Minha querida amiga poetisa Tília Cheirosa




Será incondicional

Maria Antônia Canavezi Scarpa



Decidi que seria assim : incondicional,

exausta, venho traçando ao longo do caminho,

vértices que me enraízem sem limites,

no cerne das nossas vidas, este vento brando,

refrescando os nossos sentimentos



Cada detalhe, que não quero esquecer,

vou entrelaçando nas páginas que já foram escritas,

pois tudo somará um livro volumoso,

onde cada linha versará a rebeldia do querer,

dar, dar muito e receber



Será uma viagem longa, sem paradas vãs,

que não sejam para adornar este acalanto,

ao polir o brilho do olhar que vem dos seus

e dos olhos meus, como se cada vez

fosse a primeira vez



Tem que ser assim : incondicional,

você é o que sempre quis, um domador,

vindo de longe, abrir o etéreo,

para estes sonhos plurais, transformando-os,

modificando todos os meus conceitos



Fui deixando, que se rompessem,

todos os limites, quando a dor da saudade,

exigiu que se rasgassem todos os véus

que cobriam as minhas verdades,

expondo-as, que vivo você!

&&&

Reflexão romântica




A DOR DO AMOR
(José Augusto)

Quando se imagina que ama:
Diz que o amor é bandido... A distancia é malvada...A falta é desesperada...
A solidão é delirante...A angustia é doída...A ausência é ferida!

Mas o amor verdadeiro é aquele que constrói ...
É sentimento que não fere, que não dói!

E a distância é vencida ... A falta é interrompida ...A solidão não existe...
A tristeza é deletada ... A angústia é sanada ... A ausência é superada !

Ame real...Ame virtual...Ame profundamente...
Porque a maior dor do amor...É chorar...É sofrer...Sem amor!!!

&&&

Obrigado meu querido amigo, pela poesia linda como a sua alma
e doce como o seu coração. Beijos carinhosos, guida

&&&

domingo, 22 de junho de 2008

PORTAL A ERA DO ESPÍRITO > Por um mundo novo e melhor




( CIRANDA POÉTICA )

Tema: SERENIDADE

Primeira publicação (Elio Mollo in solo): 10 de junho de 2008 - 23h18m
Última atualização: 22 de junho de 2008 - 00h15m

SERENIDADE - Elio Mollo
SERENIDADE - Maria Thereza Neves
SERENIDADE DO AMOR - Marcial Salaverry
SERENIDADE - Carvalho Branco
SERENIDADE - Clara da Costa
SERENIDADE - Pedro Valdoy
SERENIDADE - faffi/Silvia Giovatto.
SERENIDADE - Édison Pereira de Almeida
SERENIDADE - Lúcia-Lms
SERENIDADE É... - Rosa Magaly Guimarães Lucas - Eire
SERENIDADE - Eduardo Samuel Ferreira
SERENIDADE - Humberto - Poeta
SERENIDADE - Eri Paiva
SERENIDADE... - Antonio Cícero da Silva
SERENIDADE - Guida Linhares


SERENIDADE
Elio Mollo
03 dez 2007

Sereno é o vôo elevado do pássaro;
da nuvem alta que se desloca no céu;
do movimento da água do córrego,
que sem qualquer violentação
ensina ao que o contempla
o significado da pacificação.

Ser sereno significa:
estar claro, simples,
sem qualquer animosidade.
É ser ponderado
e ter suavidade na ação,
consciente de que a paz
não é nenhuma ilusão.

Serenidade é diferente de inquietação,
mas é semelhante a brisa que agita as flores,
ou de um lago com suas águas em modulação,
batendo às margens entoando suave canção.

A serenidade está na espontaneidade
que faz parte de cada individualidade,
com a completa ausência da superioridade,
envolvendo suas relações com gentil amabilidade.

A serenidade está na certeza do amanhã;
Na convicção da boa ação;
No sorriso que brota voluntário e sincero;
No abraço do amigo irmão;
No sentir Deus no fundo do coração.

* * *

SERENIDADE
Maria Thereza Neves
11 junho 2008

É deixar a alma voar
nas asas suaves dos sonhos ...
vagar o olhar nos horizontes
perceber, entender a magia do universo
deixando sempre vazar das mãos
o encontro do Ser com as azuis emoções.
É se deixar levar na suavidade
espalhando serenidade
em todos o campos
subindo todos os montes...
É percorrer a vida
acordando a vida a todo instante
resgatando memórias
construindo histórias
deixando marcas, exemplos a cada irmão
florindo primaveras
em cada chão que pisamos.

* * *

SERENIDADE DO AMOR
Marcial Salaverry

Com o coração sempre puro,
procuramos sentir serenidade,
em busca da felicidade...
Sem sentir medo,
sem desistir,
embora sem rumo,
procuramos nosso prumo...
Olhando para o alto,
vemos que lá está Deus,
é Ele que nos orienta...
E se a esperança não sentir,
é só não desistir...
É saber persistir,
e lutar contra o que nos atormenta...
Sempre fica uma luz... uma cor,
uma estrela brilhando, o luar
Há que buscar apoio no amor,
sem desespero... sem tristeza...
Veremos a luz, a beleza...
Lá está o amor, o carinho,
olhando naquela direção,
encontraremos o linimento para o coração...
Sigamos adiante, seja como for...
À frente, nos espera o amor...
Sigamos sempre procurando,
sempre o amor buscando
pois ele nos está esperando...
Sinta comigo a doce emoção
e a muda sensação
que nos domina o coração...
Reconhecendo o chamado do amor,
naquele doce momento,
tirando todo tormento,
entregamo-nos ao suave calor
que sem contestação.
nos vem desta doce paixão...


* * *

SERENIDADE
(Carvalho Branco)

Olho o céu...
De ponto a ponto,
da linha do horizonte...
azul claro... azul sereno... véu...
Paisagem... cenário... ponte...
Entre o Céu e a Terra...
Lá onde a divisória é a serra...
Fim... Princípio... Conto...

Ambiente propício ao tudo e ao nada.
Explanada!
Paz... Serenidade...
Plaina a gaivota,
sem quebrar o silêncio,
mas rasgando o espaço...
A trajetória traço:
Diria, talvez, que vai...
Em busca da felicidade...
Num instante, fração da fração do segundo,
Fica em suspensão o mundo...
Dispenso o suspiro, o ai...
Venço
A mobilidade...
Num clic, eu a caço...
Na foto, o fato, a cota
De tranqüilidade
Que me é concedida...
No instante seguinte,
No oceano pulula a vida...
O golfinho... o boto bota,
A seu redor,
Círculos, ondas, ao todo vinte...
Será que ele conhece tal número de cor?

Há uma estranha quietude
De ruído,
Nada é ouvido...
Mesmo com o mínimo momentâneo movimento
Das ondas, do clic da foto,
do espaço cortado pelo vôo, do pensamento,
à larga deixo, boto
meu corpo em relaxamento...
para que nada mude
e tudo fique assim em serenidade...
Plena e nula interacidade!...

Solto meu ser
e deixo-o voar
sem se dar
a perceber...
Mudo de Plano!
Sinto-me leve...
Nada se atreve
A dizê-lo insano...

Percebo meu par!
É só amar,
Integrar,
bem querer...
Permanecer
no Amor...
É luz... é cor...
Tranqüilidade...
Paz... Felicidade!


* * *

SERENIDADE
Clara da Costa

Serenidade,
é poder voar livre como os pássaros,
sem gaiolas que prendem,
amarram, sufocam a alma...
Serenidade,
é poder amar com toda a
liberdade até o infinito
sem sufocar o grito na garganta,
que não pode externar
o que sente a alma...
Serenidade,
é aceitar a realidade sem lamentos,
e saber, do fundo da alma,
dizer um adeus...

* * *

Serenidade
Pedro Valdoy

Na rerenidade de uma criança
vem a esperança
de um futuro coberto de flores
perante sua ingenuidade

Na serenidade do homem
pretende-se a paz
o desenvolvimento
de uma Nação próspera

São caminhos da estrada
por vezes sinuosos
por entre a brisa
irrequieta.

* * *

Serenidade
faffi/Silvia Giovatto.

Sereno é ver uma tempestade se acalmando,
um arco-íris tingindo o céu de cores lindas,
anunciando a bonança no ar e no mar
que também se acalma,
deixando os navegantes em liberdade total,
os barcos vão navegando num balanço brejeiro
por saberem exatamente onde e quando atracar.
Serenidade é sentar-se à mesa
no almoço de domingo com a família reunida,
é fazer uma prece em agradecimento,
ver as crianças sorrindo e aplaudindo
quando a sobremesa chegar...
Serenidade é ser puro de coração e alma,
tendo a certeza de que tudo fez
para o seu semelhante ajudar...
A serenidade nos faz sentir Deus mais próximo,
e o nosso coração se enche de paz.
As vezes essa paz é passageira, mas se soubermos
lidar com ela, poderá durar uma vida inteira.

* * *

Serenidade
(Édison Pereira de Almeida)

É o momento em que nós
Sem nem nos apercebermos,
Desatamos os nós, para que
O EU, O TU, O ELE, O NÓS, O VÓS E OS ELES,
Sejamos um Só SER,
na Sequência Lógica e Bela do VIVER.
Dois tempos de um VERBO.
Vi, pretérito perfeito
e
Ver
Infinitivo.
Ah Serenidade!
Sois do SER, o mais belo motivo ,
Pois sem ti, o que seremos, senão
Seres a esmo lutando contra tudo
e
Contra todos ,
Sem nem sequer ouvirmos a voz
da Razão que; tendo ou não direção,
Alumia a voz do Coração,
alegrando todos nós, povo e
Nação!
Desatando os nós que bloqueiam a mais bela
Emoção,
O AMOR, A VIDA E A PAZ!

www.ermitaodapicinguaba.com

* * *

Serenidade
Lúcia-Lms

Trazer no peito Serenidade
é vivenciar na alma, Paz e Amorosidade...
Sentimento que ilumina
e a muitos contagia
Agradável de sentir,
requer esforço, para nele se manter..
Implica em confiança
numa Força Maior que nos governa,
que tudo sabe do que nos ocorre;
Amparo esse que conosco está
e sempre nos socorre...
Serenidade equilibra,
de todos nós, o sentimento
Fortalece-nos a esperança
em meio a todo o lamento...
Filha da Fé e do Amor,
Serenidade é irmã da Paz
Basta abrirmos o coração,
lavando a alma
de toda e qualquer aflição,
e sentiremos em nós
sua presença
e o bem que ela nos faz!

* * *

SERENIDADE É...
Rosa Magaly Guimarães Lucas
- Eire

Serenidade é ter a paz no peito,
É ter nos olhos doce mansidão,
É ter repouso e luz no coração,
É ter por Deus amor, muito respeito!

É obedecer ao certo e ao que é direito,
É não pisar alguém de encontro ao chão...
Sorriso sempre aberto e satisfeito,
É ter carinho pelo seu irmão...

Se assim procedes, tens serenidade,
Sabedoria, e bem-querer imenso...
Verás entre as pessoas a amizade,

Terás reconhecido o teu bom senso!
Distribuirás assim, felicidade,
Bom amigo serás, eis o que penso!

12/06/2008

* * *

SERENIDADE
Eduardo Samuel Ferreira

És uma virtude
muito difícil de conquistar.
Precisamos obtê-la
para enfim, nos elevar.

Jesus foi muito agredido
e resolvia tudo com sabedoria.
Um dia, puxaram a faca para defendê-lo
e Ele com serenidade; restabeleceu a "harmonia".

É fácil ter serenidade
nos momentos de alegria.
Difícil é ter serenidade
na tristeza e na agonia.

Que Deus nos ilumine, para um dia,
obtermos a serenidade de Jesus.
Com fé, humildade e perseverança
alcançaremos essa Luz.

edu.samuel@yahoo.com.br

* * *

SERENIDADE
Humberto - Poeta

Perde sempre a sua razão
aquele que investe a mão
contra o rosto do rival.
Com esse agredir gratuito,
eivado de mau intuito,
demonstra que ainda tem muito
daquele instinto animal.

O agredido sempre vence
se em clima de tal suspense
mantém-se sereno e altivo...
Nada tem de intolerante,
pois sabe que está diante
daquel'alma vacilante
do homo sapiens primitivo!

Jamais a fúria extravasa,
e até leva para casa
a ofensa da humilhação.
E à noite, em verbo direto,
suplica a Deus em secreto
que conceda ao desafeto
a mercê do Seu perdão!

* * *

SERENIDADE
Eri Paiva

A serenidade é um feliz estado
De quem encontrou a quietude
No recôndito de sua alma
Nesse estado de perfeita calma
A sua companhia é, amiúde
Querida e desejada.

Os dotados de serenidade
Enfrentam com galhardia
Vindas de qualquer direção
As tribulações do dia-a-dia
Pois há reserva de tranqüilidade
Armazenada no seu coração

A serenidade requer
Exercício de paciência,
E também persistência
Doçura e humildade
Que não é humilhação
É difícil mas muito provável
Aos olhos de Deus louvável
O Senhor da mansidão

Em 16.06.2008

* * *

SERENIDADE...
Antonio Cícero da Silva

É viver em harmonia
com toda a natureza,
e se possível, com todos
os homens e mulheres na terra.
É ser convicto e cultivar o bem,
ter sempre um sorriso nos lábios
e ser amigo para amparar a alguém,
quando necessário.
É poder contemplar aos rios e lagos,
oceanos e geleiras...
é apreciar as aves a voarem
e as árvores a crescerem e produzirem,
sem correrem o risco de serem
banidas do planeta,
por pessoas inescrupulosas que apenas,
pensam em si próprios, no tangente
a apropriações, mas que jamais se preocupam
com seus próprios bem estar
e de todo o mundo.
Serenidade é o vôo da águia e a chuva a cair
do céu a trazer a prosperidade...

* * *

SERENIDADE
Guida Linhares

Há vezes em que a tristeza toma conta
e o meu coração chora baixinho,
por tantas mazelas de ponta a ponta,
deste mundo cada vez mais pequeninho.

Pequeno em amor desabrochado,
em mãos que não se estendem
para o abraço da paz afortunado,
que só corações fraternos compreendem.

Mas sei que a tristeza faz muito mal,
que é preciso desenterrar a esperança,
e fazer dela um largo e forte portal,
que abrigue nosso coração criança.

E nestas horas rogo a Deus Pai,
que eu possa me sentir serena,
dentro da Fé que nunca me trai.
Sem esse elo, me sentiria pequena.

Santos/SP/Brasil
22/06/08

* * *

---------
Outros poemas
estão disponíveis para a leitura no

PORTAL A ERA DO ESPÍRITO

Para ler Duetos, Tercetos... e Cirandas

Página 1

Página 2

http://www.aeradoespirito.rg3.net/

---------

Com esta mensagem eletrônica
seguem muitas vibrações de paz e amor
para você
---------
http://aeradoespirito.sites.uol.com.br/

MÚSICA (WAVE) - La Califfa/Sarah Brightman

Desejando receber a msg formatada, ou participar da ciranda,
enviar e-mail para
elmo.esp@uol.com.br

***

Obrigado querido amigo Elio Mollo por estares aqui conosco, tomando um cafezinho, trazendo todos estes queridos e talentosos poetas para o nosso cantinho do coração. Sejam todos benvindos e sintam-se em casa. Beijos com ternura, Guida

****





A presença querida da nossa Margaret Pelicano



O BAILADO
Margaret Pelicano

Nem sempre o que o poeta escreve
é o que ele sente...há que se compreender:
poeta bom, é poeta morto!
Há que se morrer: nas inspirações,
nas explicações, sempre filosofando...

Muitos dirão: enlouquecida criatura,
vive na desventura e quer ditar escrituras!
Poeta, este ser que se dilacera
que sente mais dores do que qualquer alma vivente,
pode ser também o mais doce, o mais contente!

Quisera um dia só ser poeta,
ler nas entrelinhas o interdito
e ao deixar o coração contrito
perceber que a usura humana
não passa de medo da criatura!

Porém insisto e não desisto:
escrevo o que me vêm à mente,
parece inspiração, noutras intuição,
noutras então: a dor do sentimento vão!
Para completar, as belezas que vem do coração!

Vou colocando pitadinhas de mau-humor
entremeadas de bom-humor
para o bolo sair bem temperado,
por que ninguém é de ferro!
Ligo a máquina a vapor

E vou como a Maria Fumaça,
queimando por dentro o sentimento do mundo,
expelindo água quente para desinfetar o submundo
tão cheio de crimes de lesa-pátria
e para espairecer, olhando a paisagem

a sempre renovada fauna e flora!
Sim, por que a natureza parece sempre se regenerar
e perdoar o contaminado...
E a esperança vai trocando sua fantasia
e renovando, na vida do escritor, o bailado!

Brasília - 19/06/2008

http://margaretpelicano.blogspot.com/

sábado, 14 de junho de 2008

Minha querida amiga poetisa Olga


Minha querida, voce não pode imaginar a alegria que senti, ao ler o teu carinho e enviares os
encantadores versos para juntar-se aos nossos amigos do Café Poético.
Nossa querida Olga Kapatti, fundadora da Academia Virtual de Poetas Brasileiros, da qual tenho a honra de participar, veio com seu desprendimento e doçura tomar um cafézinho poético e nos deleitar com a sua doce saudade.
Só podemos confirmar que "filha de peixe, peixinha é", pois com certeza herdou as boas qualidades de um valente boiadeiro em sua lida diária.
Minha querida obrigado de coração, pela tua atenção e amorosidade.
Beijos a vc e ao querido Gê, que espero logo também nos encante com os seus versos. Carinhosamente, Guida

Doce Saudade




O CAVALEIRO..HOMEM FORTE...BOIADEIRO
Olga Kapatti


Conheci outro dia um cavaleiro...

Vinha montado em seu cavalo alazão.

Fiquei indignada com tanta beleza

com tanta destreza!



O cavaleiro trazia em sua montaria

toda bagagem de um boiadeiro,

Fez-me voltar à infância e sentir-me

criança...

Bateu-me uma saudade "danada"

de meu pai:


Homem forte...boiadeiro...trazia em sua

"guaiaca" e montaria os seus apetrechos de viagem,

Usava botas , chapéu e bombachas.

Ficava meses sem aparecer...e quando apontava lá na estrada...

Tinha os cabelos compridos, puxados atrás de seu chapéu....e a barba por fazer.



Homem forte...boiadeiro...valente e destemido.
Contava suas estórias e eu ficava a ouvir,

com os olhos assustados,

mas com o coração a transbordar de paixão

de ser a filha daquele homem boiadeiro...

valente ... cavaleiro

e de bom coração!


nota da autora:

Ofereço ao meu querido Pai , Alberto Capatti ( Gilberto),

o homem forte , que me ensinou a ser forte também.

(reedição- 2008)

&&&

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Presença marcante do nosso amigo poeta Estebanez





CORAÇÃO DE NAMORADO

Não sei de quantos corações me veio feito
meu coração diverso intensamente amado
ou de quantas guitarras de vibrar no peito
veio-me feito o coração de um namorado!

Não sei de quantos beijos pode ser refeito
um beijo que restou presente do passado.
Ou com quantos abraços restaurar o jeito
de o coração fingir que estava enamorado.

Deixe um pedaço de um poema na janela
diz que a última rosa sobre a mesa é dela
e deixe-a acreditar no que o amor lhe diz...

Põe teus lençóis de estrelas nos telhados
estilhaços de luz no chão dos namorados
se é falta de razão que deixa o amor feliz...

A. Estebanez



&&&





segunda-feira, 9 de junho de 2008

Meu amigo poeta Caio Lucas



Letras 0341 - Revolução
by-Caio Lucas
(Parte II)

Meu futuro está nas faixas da mão dupla,
sou como uma estatua grande a beira do cais,
ninguém olha se tem o mar,
ninguém vira pedra se tem amor bom.

Joguei fora os velhos papeis de rascunho,
queimei no fogão de casa as idéias ultrapassadas,
quando um dia ficou sol, ela não apareceu,
deixei o tempo ir além da janela da tarde.

Não vou me jogar de volta no poço,
quero água no copo limpo,
beijo na boca de hortelã, abraço de braços,
não paro de viver, não mais, nunca mais.

São Paulo - 09/06/2008

&&&

Resolução
Guida Linhares

Se em faixas de mão dupla colocas o teu futuro,
será porque no teu passado a mão única te guiou?
Quem sabe seria melhor agora, neste momento
que te deixasses guiar pela corrente da emoção.

Se te sentes uma estátua competindo com o mar,
porque não mergulhas nele toda a tua saudade,
deixando-se abraçar pela sua força e grandeza,
revigorando-se para um amor bom e verdadeiro?

Do fundo do poço podemos descortinar a luz,
que penetra em cada pedra e mostra a saída.
Lá fora, jorra uma fonte de água cristalina,
saciando a sede do reviver, em pequenos goles.

Santos/SP - 09/06/08


***


Crédito da Foto
http://mendanha-arte.blogspot.com/2006/01/escultura-o-homem-do-mar-400cm-ano.html

***

sábado, 7 de junho de 2008

PROSEANDO > Anna Peralva & Lilia Machado & Guida Linhares



JARDIM DA ILUSÃO
Anna Peralva

Revestida de sonhos
deitei meu corpo
junto ao seu,
fantasiei o momento
pensei num amor só meu.
Assim vivi iludida
alma em suas mãos,
matéria rendida.
E andava o tempo,
sempre a passar
discreto e atento.
E desfez-se a magia,
elos desconectados
amor não mais conjugado.
Escureceu o dia
e gemeu o vento do desalento,
coração descompassado
dor e agonia,
desce o véu da solidão
sobre o olhar perdido,
no jardim da ilusão.

abril de 2007

***********

CERTAMENTE
Lilia Machado


Retire o véu da solidão e se enfeite!
Se ajeite... Não se enjeite!
Tudo com jeito se ajeita..

Olhe pra dentro...
Caminhe no presente...
Rejeite o mal que lhe atormenta...
Vá em frente!
Olhe o tempo...
Ele passa de repente...

Não ouça os gemidos do vento,
Eles passam simplesmente...
A chuva virá,
O sol brilhará
E outro jardim surgirá
Certamente!

Lilia Machado

***

AMAR NOVAMENTE
Guida Linhares

Lágrimas descem pela face
quando a desilusão chega
em sua cruel verdade.

Tantos sonhos alimentados,
certezas de um amor sincero,
e de repente, tudo desmorona.

A traição na calada da noite.
Aos olhos se desvelam uma aventura,
de alguém que brincou com o sentimento.

Mas Deus que conhece o coração de cada um,
segura em suas mãos, aquele que amou
com toda a sinceridade de sua alma.

Assim, não devemos temer amar de novo.
Devemos manter abertas as janelas dos sonhos,
para um novo alvorecer, pois o Amor é pura essência,
e surge de novo, através de um outro sonhador.


Santos/SP/Brasil
07/06/08

****

segunda-feira, 2 de junho de 2008

ENCONTRO DE AMIGOS




DESAFIOS...

Gildina Roriz

A vida nos desafia...
Diariamente somos convidados
a buscar estímulos, a viver!

oOo

Desafio sempre aceito,
para chegar com jeito,
no estimulo perfeito...

Marcial Salaverry

oOo


Movimentos...

Nos desafios da vida,
vamos nos movendo entre
as cordas do coração, com muito amor.

Guida Linhares

oOo

Desafios sempre enfrentamos
e com persistência e coragem,
a todos superamos!

Ilze Soares

oOo

Desafios...
Humberto - Poeta

Só os néscios e os vadios
não compreendem que viver
é superar desafios!

oOo

Cada desafio uma sentença
que caberá um ponto final
sempre que se desafiar!

Cassia Vicente

oOo

DESAFÍO

DESAFÍO ES LA VIDA MISMA,
CADA DESPERTAR, LO ES
CADA DESICIÓN QUE TOMAMOS
ES UN DESAFÍO AL ERROR.

Bettye

oOo

Desafio

Desafia a vida a crescermos
Desafia a perdoar
Desafia a amar-mos

Paulo Nunes Junior

oOo

Imagem>
http://nehistemf.com.sapo.pt/desafio.jpg

sábado, 31 de maio de 2008

Minha doce amiga_mana poetisa Catarina Yunen


Os caminhos desta vida nos levam a varios lugares e a encontrar muitas pessoas, mas nem todas permanecem por muito tempo. Às vezes cruzam a nossa vida, apenas para deixar o seu perfume impregnado por alguma troca de idéias, algo que ambas precisavam naquele momento.

Mas há pessoas especiais que quando encontramos, se estabelece uma forte atração afetiva e o elo nunca mais se interrompe. Nos conhecemos primeiro na virtualidade, através de um amigo comum e depois ao vivo e a cores e foi uma emoção forte demais, vc se lembra?

Agora sinto que gostaria de estar mais vezes te visitando, te abraçando, sentadas proseando sobre tudo, sobre a vida, os amores, as alegrias e as dores.

Minha querida amiga, que Deus te cubra com seu manto de luz, e que te restabeleça a saúde plena. Que possas realizar teus mais profundos desejos e continuar sendo muito amada como já és, e que as tuas mãos de fada produzam sempre as gostosas trufas, que fazem a delícia de quem as saboreia...saudades de você minha linda...com muitos beijos, guida

DESABAFOS DO CORAÇÃO



INVEJA DA LUA

Catarina Yunen

Espalhados pelo banheiro
Havia pedaços de mim,
Ali no chuveiro
Onde costumo chorar...
Lamento
O fato de não ser amada,
Muito menos consolada...
Pela janela do banheiro,
Avistei a lua.
Lua maravilhosa!!
Lua magestosa !!
Ali presente
Avistava a lua crescente
E eu... cada vez mais minguante
Chorando...
Implorando...
Querendo novamente voltar ser inteira...
Voltar a ser feliz...
Novamente voltar a ser eu mesma
E jamais continuar assim...
Não quero mais ver
Pedaços de mim espalhados pelo chão.
Preciso juntar os cacos do meu coração...
Continuo só e triste contrariando a lua
Que ilumina e aproxima os apaixonados.
Invejo a lua,
Lua que banha e ilumina...
Lua dos namorados e dos apaixonados...
E eu... aqui sozinha, abandonada
Chorando calada
Com inveja da lua.

&&&


segunda-feira, 26 de maio de 2008

Minha querida amiga poetisa Aisha


" Amo poesia e brincar de poetizar. Sonho com a vida que sonha em mim sonhos de amor e dor, alegrias e tristezas, realizações e frustrações, enfim sonhos de todas as cores em marés altas de muitas emoções. Não sou uma escritora nem é isso que ambiciono pra mim. Apenas gosto de escrever do que sinto, sou e sei. Escrevo da vida com a mesma poesia que ela escreve em mim..."
.
Essa é a minha querida e sensível poetisamiga Aisha, que sempre encanta com sua versatigilidade e talento, mas principalmente pelo seu carisma e carinho para com todos que a cercam. Minha linda, que sejas muito feliz em todos os sentidos da tua vida..desejo do fundo do meu coração..beijos, Guida

MOMENTO DE AMOR

Vida, sentido do amor...
.
Aisha
.

Todo mesmo dia em tempo que difere a alma ardente,
zomba de mim a sombra que deitada faz o caminho,
tomba à direita verdades antigas dando vazão ao vazio
que era aquilo que tinha em um antes onde nada existia.
.
Faço do agora o melhor que sonha em versos o poeta,
dou de mim, de você apenas o que restou... Lembrança!
São de pares os naipes que contam em cartas do amor,
liberdade de ser o que é, ama portanto no silencio que ficou.
.
Todo dia no mesmo tempo mostrando a diferença que foi,
um som, passos ritmados nos cantos do mundo que deitou,
frases soltas fazendo o poema do poeta que despertou
do sonho onde amante, engolia o beijo da boca que desejou.
.
Mais uma lua, quem sabe não seria essa a mesma de ontem,
atravessa sorrindo o céu, talvez o mesmo céu da boca que beijei...
Faça-me novamente em um novo sonho onde possa enxergar
o homem que amo despido de si na mesma sede que tenho eu de amar.
.
Sigo, o caminho mostra o destino que espera a alma que não quer parar,
um canto, outros sentidos, mais de nós na cama lavada de amor,
somos um, céu e o inferno, pudera transcender o orgasmo e lançar
o muito que quero do homem que amo no sentido querendo alcançar.
&&&
&&&

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Amigo José Augusto, o Dom Mineiro


Conheci o amigo José Augusto através do Orkut,
com seus versos encantadores, cheios de amor e sensibilidade.
.
Mas ele também reina na cozinha do seu
Restaurante Rural Dom Mineiro,
em Santa Eudóxia que fica há 28 quilômetros
do centro de São Carlos,
sendo conhecido pela deliciosa comida de fogão de lenha:
Leitoa Pururuca, Carneiro, Torresmo, Costela C-Mandioca,
Frango C-Quiabo, Escondidinho, Farofa de Carne, Saladas, Doces Caseiros.
.
Seja benvindo estimado amigo José Augusto ao Café Poético,
juntando-se aos nossos amigos e amigas do coração.
.
Beijos carinhosos, Guida

CÉU POÉTICO


TOCAR AS ESTRELAS

(José Augusto)


Quero dividir minhas saudades com alguém, que possa guardá-las com carinho

Trocá-la por algo mais agradável, como um grande amor

Amor eterno que me deixa lembranças divertidas, inesquecíveis !


Hoje te ofereço as gavetinhas das minhas lembranças

Pedaços de mim, com amor e sonhos vividos com emoção...

Recordações sem fim e muitas alamedas floridas de ilusão!


Se tu sabes amar como eu sei...

Se tua alma também vagueia no infinito do sonhar


Ou aprendeu ler os versos da lua e tocar as estrelas com a tua essência!

Pode aceitar a minha doação...

Prepare-se para viver a vida com alegria, muito amor e emoção!.


Semana de Amor e Carinho, Menina


-0-0-0-

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=3713198480680466135
-0-0-0-

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Parabéns minha querida Arneyde



Minha querida amiga Arneyde

O que dizer de você?
Mulher linda, talentosa poeta, sorriso charmoso,
com a tua bagagem de vida e de sonhos maravilhosos, sempre encantando
e nos deleitando com seus versos saborosos,
em que o Amor expressa as formas mais divinas de sentir.

Minha querida amiga, desejo que realizes todos os teus mais belos sonhos
e que sejas abençoada por Deus, hoje e em todos os dias da tua vida.
Receba as coloridas tulipas que tem as cores que você nos traz,
quando as tuas mensagens chegam até o nosso coração.

Da sempre atrasada amiga Guida

Um forte abraço e mil beijinhos carinhosos

***


Quem ama, cuida....


Como...
Arneyde T. Marcheschi "
Como acalmar a dor
engasgada nas truculências do meu coração.
Ou acabar de vez com essa comiseração?"
Vitória.E.Santo 13/05/2008
wwww.vidatransparente.com.br

**********

Como...
Caminhar ,
almejar estrelas
quando só tenho lágrimas a me inundar?
Maria Thereza Neves

**********
Como...
Fatima Mello[fofinha]
Acabar com a dor que me vai n'alma
se a vida me incumbiu de sofrer,
pelos males feitos de vida passadas.
**********
Imagem > Quem ama, cuida...

Imagens Royaltyfree

**********

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Jardineiro Poético

Meu querido amigo poeta Tarcísio

Te considero um jardineiro dos versos coloridos e perfumados. Teu livro "O Silêncio dos Luares" faz parte dos meus livros de cabeceira. Antes de cair nos braços de "Morpheu" costumo ler um pouquinho, até os olhos pesarem, e ontem à noite a escolha foi para este poema:


CONFLITOS

São fortes as cruzes,
Parecem inquebrantáveis,
São insuportáveis
Na opacidade, sem luzes.
Dificultam o meu caminhar,
Fico sem enxergar o meu interior...
Cadê a força do amor?
Ou tudo é indecisão?
As dificuldades,
Os desvios das verdades,
Levam-me ao degredo...
Perco-me entre sofismas,
Como se tudo fosse segredo.
É pequena a minha fé,
Faltam-me carismas,
Mas, há em mim um bom coração
E a presença de coragem,
Atributos que me dão poder
Para ultrapassar, romper
As cruzes da estrada...
Tarcísio Ribeiro Costa

*

Meu querido Tarcísio, te considero carismático, talentoso e amoroso amigo. Agradeço a Deus ter conhecido uma pessoa tão especial quanto você e desejo que realizes todos os teus mais acalentados sonhos. Beijos carinhosos, Guida

*

Momento Amoroso


Ah! se eu fosse uma flor

Tarcísio R. Costa
Ah! Se eu pudesse me transformar
numa flor do teu jardim,
não importa qual fosse a sua cor,
podia ser ela um jasmim,
mas preferiria que fosse uma saudade,
para, ao sentires o meu perfume,
ser molhado com as lágrimas do teu carinho...

Aceitaria ser, também,
um bem-me-quer para, nela,
descobrires que tanto te amo!

Mas, se em uma flor,
eu não pudesse me transformar,
aceitaria ser um humilde jardineiro,
assim, logo nos meus amanheceres,
eu seria o primeiro a te tocar
e te dar o meu amor.

Seria uma forma de disfarçar,
ao mostrar o quanto amo aos flores,
eu também, te amar....

Tarcísio Ribeiro Costa

*

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Fundo Musical

Fanatismo

Composição
Florbela Espanca e Raimundo Fagner

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver
Não és sequer a razão do meu viver
Pois que tu és já toda a minha vida

Não vejo nada assim enlouquecida
Passo no mundo, meu amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida

Tudo no mundo é frágil, tudo passa
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim
E, olhos postos em ti, digo de rastros:

"Podem voar mundos, morrer astros
Que tu és como um Deus... Princípio e Fim"

"Podem voar mundos, morrer astros
Que tu és como um Deus... Princípio e Fim"

Eu já te falei de tudo, mas tudo isso é pouco
Diante do que sinto

Minha querida amiga poetisa Malu Mourão

Menina linda, que mora no meu coração. Você não imagina como a tua mensagem chegou no momento certo...aquele em que vc está tentando sair do fundo do poço, puxada por mãos amigas...às vezes tudo parece tão complicado e impossível, e então nos lançamos à escuridão da alma. Contudo há que se ter na mente uma reserva de luzes de esperança, que nos ergam das sombras para a esfera maior do amor e da amizade. Obrigado minha linda..você me trouxe à luz nesta reflexão que aclara as idéias e os sentidos. Te gosto por demais..beijos carinhosos, guida

Momento de Reflexão




PENSE...


Malu Mourão




Se hoje uma nuvem escura nubla o sol de tua existência, reflete, perdoa... Pensa no outro que te ama e deixas que esta nuvem se transforme em chuvas de virtudes. E com elas regues o jardim de teu coração, para que nele germine a flor da sabedoria.
A sabedoria fará de ti um verdadeiro ser humano. E a tua capacidade crescerá tanto que transporás os mais altos obstáculos e converterás por certo, a tua descrença num poço tão profundo de fé, que o amor jorrará luminoso como os raios do sol numa manhã de primavera. Estes raios então, aquecerão a tua alma com ternura plena e te elevarão ao cimo da íngrime montanha que hoje escalas.
Lembra-te que o tempo se escoa vagarosamente, levando o hoje para deixar apenas marcas que se farão passado.
Sei que o passado não voltará e que suas marcas caminharão contigo, deixando tantas vezes cicatrizes profundas. Essas dores, angústias e sofreres ecoarão em tua mente onde agoniza aquilo que pretendes esquecer.
Mas, na plenitude de tua vida, precisas acreditar que o passado sirva de experiências e que o presente seja o espelho onde construirás o futuro. Um espelho mágico que se chama destino, o qual te venda o futuro com as dúvidas e incertezas.
Se hoje os teus olhos são pétalas orvalhadas a ti entristecerem, amanhã teu coração poderá transbordar de alegrias. E das pétalas que caíram gotas, exalarão perfumes que purificarão tua mente e fortificarão teu corpo e os teus atos se farão perfeito.Tua luta será feita em vitória pelo êxito de saberes amar, doar-se e compreender.
Se a mente humana é fértil, muito mais férteis serão as sementes jogadas pelo caminho por ti percorrido. Delas brotarão vidas que te trarão a tão sonhada felicidade.
Pois felicidade é o equilíbrio entre o desejo e a realização.

Com carinho para você.

domingo, 11 de maio de 2008

Feliz Dia das Mães

A todas as mãezinhas do mundo,
que este dia seja repleto de muitas alegrias.
Que as mãezinhas que se encontram hospitalizadas
recebam a visita de seus queridos, assim como as mãezinhas asiladas,
recebam a visita de pessoas amigas, levando carinho e beijos.
Que as mãezinhas pobres se enriqueçam com o carinho
recebido dos filhos e que nenhuma
mãezinha deste mundo,
fique sem um gesto,
um afago,
uma palavra,
um beijo.
Homenageio a todas as mãezinhas dos grupos do Yahoo e Google,
às minhas queridas amigas do Clube de Poetas,
trazendo a poesia da nossa amiga
poetisa Lilia Machado.
Beijos no coração,
Guida



PARA TI, MAMÃE


Lilia Machado


Para ti, mamãe,

Sonho o que um dia

Sonhastes pra mim...

Te quero uma pessoa

Bonita, saudável, bem forte

E de muita sorte...

Pois sei que um dia

Sonhastes isso pra mim! ...

até me viu assinando o nome

Com um Dr. na frente...

Ou de terno e gravata,

Com um Código nas mãos

A defender um cliente...

Ou quem sabe jaleco branco

Arrancando o dente de um paciente!?

Talvez acordando na noite

Para uma cirurgia urgente...

Para ti, mamãe,

Tenho sonhos de paz...

Não quero fugir dos teus sonhos

Porque sei que isso lhe apraz!

Mas, se um dia o destino

Me arrancar dos teus sonhos,

Não chores, mamãe!

Na certa estará me levando

Aos sonhos que, um dia,

EU sonhei para mim...

Se nas estradas da vida

Eu cantar, bailar, tropeçar

Ou buscar descaminhos

Saiba mamãe, continuo a te amar!

Se um dia eu fugir dos teus sonhos,

Me aceite do jeito que sou!

Serei sempre o TEU filho...

Sempre vou te amar!

Para ti, mamãe,

Sonho o que um dia

Sonhastes pra mim...

Vamos fazer uma troca

Eu cuido de você

E você de mim!



sábado, 10 de maio de 2008

SAUDADE AMIGA


Minha doce amigamana Catarina

Conhecer você foi algo que me deixou muito feliz, há alguns anos atrás e depois quando nos conhecemos ao vivo e a cores, a alegria foi imensa...às vezes sinto saudades dos nossos papos e também das deliciosas trufas que só as tuas mãos de fada sabem fazer como ninguém mais. Te amo do fundo do coração e também à linda família que sempre me acolheu divinamente.
Beijos em todos, Guida



AMIGO(A) VERDADEIRO(A)
Catarina Yunen

Vem...
Me dê as suas mãos,
Vamos sair por aí
Passear...
Cantar..
Brincar...
Falar...
Falar do seu dia a dia...
Falarei do meu também,
Assim deixaremos toda tristeza para trás.
Esquecendo a dor que a você causaram...
Esqueceremos as lágrimas derramadas.
Venha, divida comigo essa dor.
Chore em meu ombro, fale o que faz você sofrer tanto
Por favor, deixe-me ajuda-lo(a)
A secar suas lágrimas...
Quero ver em seu rosto
Aquele sorriso lindo que a todos encantava.
Somos amigos(as) nos bons momentos
E nos ruins também...
Venha, vamos sair e passear
Ver o sol brilhando...
As crianças brincando...
As pessoas caminhando...
Pare de chorar
E um lindo dia surgirá.
Amar...Cantar...Sentir...Sorrir,
É um recomeço.
Vem, me dê as suas mãos
E a medida que caminhamos,
Perceberá de como a vida é bela.
Amigo(a) verdadeiro(a)
É aquele(a) que mesmo não entendendo,
Diz que entende para nos ver sorrindo...
É aquele(a) que não nos abandona nos momentos difícieis...
É aquele(a) que sente a nossa tristeza, nossa dor
E aparece sem ser chamado(a) ou convidado(a).
Amigo(a) verdadeiro
É aquele(a) que vê todos os nossos defeitos
E mesmo assim continua ao nosso lado sempre incentivando...
Feliz de quem tem um amigo(a) verdadeiro(a) !
Amigo(a) é aquele(a) que nos ajuda a levantar,
Quando estamos estirados ao chão.
É aquele(a) que sempre caminha ao nosso lado
Mesmo estando distante.
Compartilha
Alegrias e tristezas...
Na saúde e na doença...
Compartilha
Nossas dores e amores...
Estando sempre ao nosso lado
Eem todos os momentos,
E em todos os lugares.
Mesmo distante tem lugar cativo em nosso coração .
Sou feliz
Tenho um amigo(a) maravilhoso(a)
VOCÊ!!!



quarta-feira, 7 de maio de 2008

Meus queridíssimos EIRE e LENILDO

Só de olhar os dois já fico emocionada...que Amor mais lindo de se ver...eles conversavam pelo olhar...fiquei encantada no convívio com eles e toda a família Lucas, no mágico casarão de Jacaraípe, três andares de muita estória e recordações. Hospitaleiros e carinhosos, ganhei uma nova família do coração...Minha querida madrinha poética de muito tempo, que me ensinou o caminho da poesia, como forma de expurgar as tristezas e as mágoas,
mas também de celebração de vida.
Agora fiquei muito feliz com o seu retorno às lides poéticas, após a perda recente de mais um filho, o nosso Marquinhos, amigomano.
Meus queridos Eire, Lenildo e demais amigos, sirvam-se do cafézinho amoroso, junto com o bolo de laranja da Raquel...a norinha amorosa da Eire...Beijos saudosos, guida


RONDEL


MINHA INSPIRAÇÃO...


Rosa Magaly Guimarães Lucas- Eire


A minha inspiração está voltando!

E eu mui feliz estou com seu regresso...

Co' a mente aberta já a estou esperando,

Vou indo devagar e não me apresso...


O amor às letras, palavras, professo,

E nelas vou aos poucos me enredando...A

minha inspiração está voltando!

E eu mui feliz estou com seu regresso...


Sento-me frente ao mar e meditando,

Em meu passado feliz me arremesso...

Aos poucos a sorrir estou sonhando,

Com sonetos, rondéis, e... que sucesso!

A minha inspiração está voltando!


Jararaípe/ Serra/ES/Brasil

05/05/2008





Minha amiga Marilda Conceição




Minha querida amiga Marilda Conceição


Sempre presente na minha telinha, com sua doçura e encanto em palavras.


Seja benvinda e sirva-se à vontade.


Com carinho, guida



Amigo


Amigo é a estrela que brilha no céu do coração.

Pétalas de sentimentos,regando-nos a vida com emoção.

Tristeza compartilhada, alegria e felicidade dividida.

Amigo é poesia em nossa vida.


Marilda Conceição


RJ, 29/04/2006


Meu amigo Rogério Miranda, Poeta da Paz


Meu querido amigo Rogerio chegou com seu carisma,
cantando em versos a doce e virtuosa sina do poeta,
que vive com um pé no chão e o outro no céu!
Obrigado, este cafezinho foi bom demais da conta!
Beijos no coração, guida



POETA


Poeta é um anjo que anda na terra, suas asas é a caneta,
sua áurea, uma pagina e branca...
Poeta sua fé são os versos, que brotam na imaginação,

seu milagre é escrever esperança...
Poeta sua vida é a imagem e semelhança

de uma ostra, que vive na dor,para oferecer a perola dos olhos de Deus....
Poeta é um lavrador que cuida das sementes da esperança,

para colher o fruto que alimenta seus versos...
Poeta seu melhor amigo é o silencio

a noite sua amante, as estrelas o ninho de sua inspiração, que vive no brilho,
catando letras para plantar um poema no amanhecer...
Poeta é o reflexo de uma flor,a diferença entre os dois,

é a batida do coração do poeta, e as cores das pétalas da flor...
Tu vives no imaginário, entre a realidade e a fantasia

tens a visão de uma águia,
para alcançar o vôo da liberdade de seus poemas...


Rogério Miranda

Poeta da Paz

<<>>


terça-feira, 6 de maio de 2008

Inauguração do Café Poético


MÃOS DE DEUS

Badu

Era assim um vasilhame em desuso,
na composição da mesa semi nua,
vestida miserada de uma toalha esfarrapada,
maltratada pelo uso.

Uma flor nativa,
coroava-se rainha absoluta e
mesmo ferida trazia vida
banhando-se no lume das frestas de
tábuas ralas da parede da sala.

Um perfume tragado pela brisa,
exalando outra liberdade,
morosidade do dia apresentava a
jovialidade da primavera.

As horas se embalam sonolentas,
tarde lenta na hipnose de um prazer vital.
No tímido cantar de um pássaro
saudando-me,
saltitando em fina ramagem de arbusto.
Desperto e busco, movimento limitado
para desmontar a triste face,
no enlace do silêncio.

Em sonho alado ,
projeto-me rumo aos campos,
encantos em éden da paz que me ativa,
Espere por mim...
Inquieto quero fugir!

Confessou-me certa vez um coração ,
que se faz infinita beleza
quando os lábios carregam um sorriso.
E anjos existem,pode me afirmar!
Colorem flores,
cantam canções de ninar
para aliviar a dor.

Vou buscar sensibilidade ,
comungar bons ideais.
Alma florida na eternidade da imaginação.
O enxugar do pranto no afago das
mãos de Deus!

***

Meu querido amigo Badu

Sempre no meu coração, você continua sendo um grande exemplo, porque sabes como ninguém driblar o que foi tirado de você, quando ainda eras muito criança: a liberdade de andar. Mas no universo do teu quarto, estás sempre de mãos dadas com a esperança de ser feliz, ao lado de tantos amigos e amigas reais e virtuais que te amam, assim como eu e aqui terás sempre o espaço aberto para juntos tomarmos muitos cafézinhos e biscoitinhos de araruta.

Assim voce abriu a porta e cortou a fita simbólica deste nosso recanto, onde todos serão recebidos com muita alegria e entusiasmo.

Abraços e beijos afetuosos.

Guida